Leitura foi a atividade cultural mais praticada pelos brasileiros em 2013

A leitura de livros foi a atividade ligada à cultura mais praticada pelo brasileiro em 2013. Esse foi o resultado da pesquisa da Fecomércio (RJ) divulgada no início do mês de março sobre os hábitos culturais dos brasileiros. De acordo com o estudo, 35% dos entrevistados citaram a leitura de livros como a principal atividade cultural realizada.

O economista Christian Travassos disse ao jornal “O Tempo” que a leitura aparece como a principal atividade desde o início do levantamento, em 2007. Com o crescimento econômico, o ano de 2010 obteve os melhores resultados, não se mantendo nos anos de 2011 e 2012. Já em 2013, houve um retomada das atividades culturais em geral. Segundo Travassos, isso se deveu aos sucessos editoriais que se popularizaram no país, promoções culturais e parcerias entre empresas no segmento cultural.

Apesar do resultado positivo, o índice de brasileiros que disseram não ter lido nenhum livro no ano passado foi de 59%, alegando não ter o hábito da leitura. Os que afirmaram não gostar de ler ou que preferem outras atividades culturais foram 32%, enquanto que 7% informaram não ter condições financeiras para pagar pelos livros ou acham os preços muito altos.

O estudo da Fecomércio/RJ entrevistou mil pessoas em 70 municípios brasileiros.

Preocupante
Já outro estudo, que ouviu 2.400 pessoas em 150 municípios brasileiros, realizado pelo Sesc em parceria com a Fundação Perseu Abramo, revelou um dado preocupante. Um em cada três brasileiros nunca leu um livro. A pesquisa, divulgada no dia 14 do último mês de abril, procurou saber também sobre outras atividades culturais realizadas pelos brasileiros, como televisão, internet, ida a museus, espetáculos, entre outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>